segunda-feira, 2 de setembro de 2013

SE EU MORRER...



Se eu morrer, sobrevive a mim com tamanha força
que acordarás as fúrias do pálido e do frio,
de sul a sul, ergue teus olhos indeléveis,
de sol a sol sonha através de tua boca cantante.
Não quero que tua risada ou teus passos hesitem.
Não quero que minha herança de alegria morra.
Não me chames. Estou ausente.
Vive em minha ausência como em uma casa.
A ausência é uma casa tão rápida
que dentro passarás pelas paredes
e pendurarás quadros no ar.
A ausência é uma casa tão transparente
que eu, morto, te verei, vivendo,
e se sofreres, meu amor, eu morrerei novamente.

Pablo Neruda


FONTE: https://www.facebook.com/pages/PABLO-NERUDA-POEMAS-DA-ALMA/298376103511623

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

SAMBA ENREDO VILA ISABEL - 2013 Sentimento não termina !

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Encontros e desencontros...amores e dissabores...



          As relações ensinam q as pessoas agem d acordo com as suas vivencias naum espere reconhecimento... isso é pouco provável... tb naum pense q reconhecer e valorizar vai fazer ganhar algum coração isso tb é mentira... o AMOR é algo sem nenhuma lógica e quem sabe defini-lo é pq naum ama....e nem sabe o q é d verdade é.... um sentimento q vem não sei pq e nem sei d onde...é inimigo da razão e primo da loucura...o q disserem ao contrário tb é mentira esta d amor sereno com sabor d fruta mordida tb naum acredito ...cuidado existe gente q chama d AMOR a acomodação d uma relação ou a segurança q esta lhe proporciona....a dor é sua companheira sim...pq as vezes ele acontece p uma das partes só envolvida....e romances d filme só em Hollywood.... Não se culpe esta é a unica regra p nam sofrer (DEMAIS) o resto é besteira e baboseira p enfeitar a dor....bjus e boa tarde!!!!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012




Angustias...

Tem dias q o céu chora
Como as lágrimas de minha alma
Que o negro vento acalma
A brisa lenta que leva
As folhas que na primeira relva
Sobressaem-se em vão
Ao saber que em teu coração
Outro sorriso se expande
Ao lembrar-te do semblante
Que levas junto a teu peito
E não existe outro jeito
Deixar-te ir não consigo
E vivo deste perigo
Sabendo  do  desalento
Te amando neste tormento
Pedindo que a vida leve
E que traga o que deve
De presente teu olhar
Mesmo vago no luar
Que para mim vale tesouros
Tua boca vale ouro
E teu coração diamante....




quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Saber Viver!!!!!!!!!!!!



       Pessoas de verdade são e sempre serão incompreendidas, pois a grande maioria sustenta uma máscara para esconder o q pode não agradar aos outros, difícil é tirar o véu e se mostrar ...mas é bem preferível morrer na verdade a viver na mentira, mesmo com tds as dores a que esta simples mas grandiosa atitude reserva aos que delas fazem sua opção de vida!!!!!!!!!!!
      bjussssssssssss e tenhamos sempre a coragem de assumir quem somos e o que d verdade queremos, sem máculas a nossa alma agradece!!!!  bjusssss com carinho, ótima noite e uma sexta d muitas descobertas a vc....



sábado, 22 de outubro de 2011

Desenvolvimento Infantil

História da Educação Infantil no Brasil

Loading...